Publicado em 2 comentários

Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda que faz bem para o cérebro, músculos e até mesmo para a tireoide

25 fevereiro 2019
Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda que faz bem para o cérebro, músculos e até mesmo para a tireoide
Postado por Ana Paula
Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda

A Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda é uma planta adaptógena bastante popular na Medicina Ayurveda, sendo usada para diversos fins há mais de 2.500 anos – inclusive como tempero de sabor amargo intenso.

Trata-se de uma das plantas adaptógenas mais procuradas e pesquisadas dentre todas, com muitas possibilidades. Inúmeros estudos sugerem ser moduladora da tireoide, neuroprotetiva, anti-depressiva, anti-inflamatória e de combate à ansiedade, além de outros benefícios.

Na Índia, a Ashwagandha é conhecida por seu poder de fortalecimento do sistema imunológico, principalmente após um período de doenças e desequilíbrios do organismo. É também chamada de “Ginseng Indiano” devido à sua habilidade  de aumentar a energia e aliviar do stress.

A capacidade da Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda como agente protetor anti-stress foi o que a tornou tão popular. Como todas as plantas adaptógenas, ela ajuda o corpo a manter a homeostase, mesmo em momentos de tensão emocional e física. Mas seus benefícios não param por aí! Esta poderosa especiaria também tem demonstrado um resultado incrível no controle dos níveis de cortisol e no equilíbrio dos hormônios da tireoide. Também pode ser utilizada para desordens de humor e para proteção contra doenças degenerativas.

O que é Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda?

Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda

Botanicamente conhecida como Withania somnifera, esta planta é parte da família Solanaceae e recebe os nomes populares de ‘Ginseng Indiano’ ou ainda ‘Cereja do Inverno’. As folhas e raízes desta planta são comumente utilizadas para fins medicinais, e é a presença de vitanolídeos, um grupo de lactonas esteroidais, que contribui para a existência de tantos benefícios saudáveis.

A Ashwagandha é uma planta importante da Medicina Ayurveda porque serve para muitos propósitos, incluindo o equilíbrio dos sistemas imunológico, neurológico, endócrino e reprodutivo, dialogando assim com o objetivo principal da Medicina Ayurveda, que é contribuir para a saúde de forma holística sem a necessidade do uso de remédios convencionais e/ou intervenções cirúrgicas.

Parte deste sistema medicinal de mais de 5 mil anos, a Ashwagandha é usada como um “remédio “ caseiro para restabelecer o equilíbrio geral do organismo. De acordo com um artigo publicado no Alzheimer’s Research and Therapy, as plantas da Medicina Ayurveda tem sido fonte de pesquisa para o desenvolvimento de inúmeros remédios. Muitas das ervas utilizadas neste sistema medicinal tão antigo são comprovadamente úteis para diversas doenças, tal como o Alzheimer.

Na Medicina Ayurveda, a Ashwagandha é caracterizada como ‘rasayana’, o que significa que ela é utilizada para promover a saúde física e mental, além de defender o organismo contra doenças e danos externos e retardar o processo de envelhecimento. Na Índia, a Ashwagandha tem sido utilizada durante séculos como um remédio natural de amplo espectro.

Mais recentemente os cientistas têm comprovado os efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes dessa planta versátil e promissora.

benefícios da Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda
11 benefícios da Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda

1. Melhora da função da tireoide

Um dos mais incríveis aspectos desta planta adaptógena é o combate a problemas relacionados à tireoide. A Ashwagandha tem sido apontada como uma importante auxiliar para a tireoide lenta, especialmente em pessoas diagnosticadas com a Doença de Hashimoto ou Hipotireoidismo.

Para milhões de pessoas no mundo diagnosticadas com este problema, o poder da planta Ashwagandha pode ser parte da solução.

Um estudo piloto publicado em 2017 no periódico Journal of Alternative and Complementary Medicine avaliou os resultados do uso da planta em pacientes com hipotireoidismo. Os 50 participantes envolvidos na pesquisa haviam sido diagnosticados com distúrbios da tireoide, embora não apresentassem alguns dos sintomas óbvios relacionados à doença.

Durante um período de 8 semanas o grupo de tratamento recebeu diariamente 600 miligramas de extrato de raiz de Ashwagandha e o grupo de controle recebeu placebo. Os pesquisadores descobriram que a Ashwagandha ajudou significativamente no funcionamento da tireoide em comparação com o placebo, concluindo-se assim que ela ajuda a melhorar a função da tireoide em pacientes com hipotireoidismo.

Estudo do periódico Journal of Ayurveda and Integrative Medicine também evidenciou as propriedades da Ashwagandha na melhora do hipotireoidismo.

Por este motivo, esta planta não é adequada para pessoas com hiperatividade da tireoide, como os portadores da Doença de Graves.  

2. Alívio da fadiga adrenal

Pesquisas comprovam que a Ashwagandha pode ser útil para o suporte da função adrenal, assim como para a superação da fadiga adrenal.

As adrenais são glândulas endócrinas responsáveis pela liberação de hormônios, especificamente o cortisol e a adrenalina em resposta ao stress.

Se as suas adrenais estão produzindo acima do nível normal devido à abundância de stress emocional, mental e físico, isso pode levar a uma condição conhecida como fadiga adrenal. Quando suas adrenais ficam exaustas, dá-se início a um desequilíbrio geral do corpo que inclui alteração na progesterona, podendo levar à infertilidade e à queda do nível de desidroepiandrosterona (dhea) – hormônio ligado à longevidade e à força corporal.

3. Combate do stress e da ansiedade

Um dos mais conhecidos benefícios da
Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda é a habilidade de funcionar como um remédio natural para ansiedade. Em um estudo de 2009, publicado pela PLOS One, o efeito da Ashwagandha mostrou-se comparável ao de certas drogas antidepressivas, porém sem os efeitos colaterais dos medicamentos.

No estudo de 12 semanas, 75 pacientes com ansiedade foram divididos em dois grupos – um que recebeu tratamento natural e outro que recebeu intervenção psicoterápica. O grupo que recebeu tratamento natural foi submetido a aconselhamento nutricional, técnicas de respiração profunda, além de 300 miligramas de Ashwagandha duas vezes ao dia. O grupo de intervenção psicoterápica recebeu, além do acompanhamento terapêutico, técnicas de respiração profunda e pílulas placebo duas vezes ao dia.

Após o período do estudo, o grupo que recebeu a planta adaptógena teve uma queda de 55% nos níveis de ansiedade, ao passo que o grupo da intervenção psicoterápica teve uma diminuição de 30,5%. Diferenças significativas também foram encontradas nos níveis de saúde mental, concentração, vitalidade, fadiga, qualidade de vida, sendo o grupo da Ashwagandha aquele que apresentou os melhores resultados. Além disso não houveram efeitos colaterais consideráveis com o tratamento natural.

4. Alívio da depressão

A Ashwagandha é positiva não apenas para pessoas que lidam com problemas de ansiedade e stress crônico, mas também para aquelas que sofrem de depressão, sendo considerada um remédio natural para a doença na prática Ayurveda. Em um experimento com ratos, essa especiaria de sabor amargo mostrou-se tão eficaz no combate da depressão quanto à medicação Imipramine, podendo ser utilizada como um estabilizador de humor em pessoas deprimidas.

5. Equilíbrio dos níveis de açúcar do sangue

A Ashwagandha tem sido reconhecida por seu efeito anti-diabético, possivelmente ocasionado pela presença de compostos  fenólicos, incluindo flavonoides. Pesquisas mostram que flavonoides possuem atividades hipoglicêmicas e um estudo envolvendo roedores mostrou que tanto a raiz de ashwagandha quanto os extratos das folhas ajudam a equilibrar os níveis de açúcar no sangue em ratos com diabetes. Outras pesquisas apontam que o extrato de Ashwagandha pode ser útil para melhorar a sensibilidade à insulina e reduzir os marcadores inflamatórios em seres humanos.

6. Combate ao câncer

Pesquisadores sugerem que a Ashwagandha tem promissores efeitos anti-tumorais, podendo auxiliar no controle do crescimento do tumor e na prevenção do aumento das células cancerígenas. Pesquisas demonstram efeitos positivos especialmente para câncer de mama, pulmão, estômago e cólon, que estão entre os principais tipos de câncer no mundo. Acredita-se que a Ashwagandha pode ajudar a impedir o crescimento de células cancerígenas principalmente devido às suas capacidades antioxidantes e imunológicas.

Estudiosos sugerem que esta planta também pode auxiliar no controle dos efeitos colaterais relacionados aos tratamentos tradicionais contra o câncer, atuando como um imunomodulador.

7. Redução da degeneração das células cerebrais e melhora da memória

O stress físico, emocional e químico pode gerar efeitos danosos no cérebro e no sistema nervoso. Mais do que um aliviador de stress, a Ashwagandha tem sido apontada como um agente de proteção do cérebro contra os danos degenerativos – danos estes que podem levar a doenças como o Alzheimer e o Parkinson. Um dos motivos pelos quais a Ashwagandha é tão positiva para o cérebro é pelo seu elevado nível de antioxidantes, que atuam combatendo os radicais livres do organismo.

O Withaferin A e o Withanolide D são os dois principais withanolides presentes na Ashwagandha que ajudam a melhorar a função cognitiva. Os withanolides são esteroides naturais, comumente presentes em plantas da família das Solanaceae. Em pesquisas, quando esses esteroides foram injetados em roedores para testar suas habilidades de melhoria cognitiva, pesquisadores descobriram que eles ajudam a promover o crescimento celular, reverter déficits comportamentais e ainda reduzir a probabilidade do desenvolvimento de doenças como o Alzheimer.

Além destes benefícios, um estudo piloto publicado no periódico Journal of Dietary Supplements apontou uma melhora geral da função da memória em pessoas com comprometimento cognitivo leve. A planta mostrou-se capaz de elevar os níveis de atenção e o processamento de informações, além de auxiliar nas habilidades mentais.

8. Aumento da função imunológica

Como a Ashwagandha funciona como uma planta adaptógena, ela é capaz de reduzir o stress hormonal, contribuindo desta maneira para a diminuição das inflamações do corpo e para o fortalecimento do sistema imunológico. Estudos feitos em animais evidenciam que a Ashwagandha atua incentivando a produção de imunoglobinas e melhorando a imunidade. Por isso pode ser utilizada para o tratamento de várias doenças inflamatórias.

9. Aumento da energia e resistência

Estudos demonstram que a Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda é capaz de aumentar a resistência do corpo durante a realização de atividades físicas, aprimorando a função cerebral e reduzindo as dores corporais. Devido aos seus efeitos calmantes, e simultaneamente energizantes, a Ashwagandha tem influência benéfica sobre nossa concentração, motivação e resistência física.

Em uma pesquisa realizada na Índia com uso do extrato de Ashwagandha, pesquisadores descobriram sua conexão com o aumento da resistência cardiorrespiratória dos pacientes envolvidos no estudo, além de melhorias gerais na qualidade de vida dos participantes.

10. Aumento da força muscular

Um benefício surpreendente da Ashwagandha é sua habilidade de aumentar a força muscular. Por isto, ela pode ser muito útil para pessoas em treinamento de resistência e/ou para praticantes de exercícios de alta intensidade muscular.

Um estudo de 2015, publicado no  Journal of the International Society of Sports Nutrition envolveu 57 homens com idades entre 18 e 50 anos e com pouca experiência em treinamento de resistência. Os homens do grupo de tratamento consumiram 300 miligramas de extrato de raiz de Ashwagandha duas vezes por dia, e o grupo de controle consumiu placebos de amido. Ao final, resultou que o grupo de tratamento teve aumentos significativamente maiores na força muscular, especialmente nos exercícios de supino e alongamento das pernas. Aqueles que receberam a Ashwagandha também apresentaram aumento significativo no tamanho dos músculos dos braços e tórax, e tiveram redução dos danos musculares gerados pelos exercícios.

A Ashwagandha também apresenta qualidades relacionadas ao alívio de dores geradas pela artrite reumatoide.

11. Melhora da função sexual e da fertilidade

Na Medicina Ayurveda, a Ashwagandha é considerada um afrodisíaco natural, que pode ajudar em problemas de disfunção sexual. Ela também é usada para aumentar os níveis de testosterona e melhorar a fertilidade masculina.

Um estudo piloto publicado na BioMed Research International apontou inúmeros efeitos positivos da planta relacionados à saúde sexual feminina, especificamente relacionadas à excitação sexual, lubrificação e orgasmo.

Além destes 11 benefícios discutidos, há ainda muitos outros que estão relacionados à Ashwagandha. Vale a pena conhecer e pesquisar  mais sobre esta poderosa planta adaptógena, lembrando sempre que antes de iniciar o uso de qualquer substância (natural ou não), deve-se SEMPRE buscar um acompanhamento médico especializado.

Ashwagandha: Outras Plantas Adaptógenas Ayurveda

Traduzido de:
https://draxe.com/ashwagandha-benefits/


2 comentários sobre “Ashwagandha: A Planta Adaptógena Ayurveda que faz bem para o cérebro, músculos e até mesmo para a tireoide

  1. Bom dia,
    Como eu compro essa Ashwagandha?
    Obrigada

    1. Olá Poliana, tudo bem?
      Ainda não temos a Ashwagandha disponível no Novidade Saudável. Mas fica de olho, que sabe ela aparece por aqui… Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *