Publicado em 6 comentários

Triphala: Os Poderes Adaptógenos da Sinergia Entre Amla, Haritaki e Bibhitaki para a Saúde

6 janeiro 2021
Triphala: Os Poderes Adaptógenos da Sinergia Entre Amla, Haritaki e Bibhitaki para a Saúde
Postado por Everton Souza
Triphala: Os Poderes Adaptógenos da Sinergia Entre Amla, Haritaki e Bibhitaki

Com registros de utilização de mais de 2.000 anos, a Triphala é uma combinação de ervas que deriva de três frutos – Amla, Haritaki e Bibhitaki – muito requerida pela Medicina Ayurveda e considerada a mais versátil dentre as formulações à base de plantas disponíveis.

Seu nome vem da combinação de palavras do idioma sânscrito, sendo que “tri” significa três e “phala” significa fruta. Para formulações que indiquem sua composição em pó, ainda consta a referência “churcha”, que significa pó.

O uso de Triphala está relacionado principalmente à melhoria da digestão e assimilação de nutrientes. No entanto, seus auxílios naturais se estendem para tratamentos de câncer, inflamações, infecções, complicações gastrointestinais, controle de colesterol e manutenção da imunidade. Além disso, suas propriedades também oferecem benefícios como a otimização de processos de cicatrização, melhoria de hematomas e de queimaduras solares e, ainda, aumento da saúde capilar e ocular.

Isto porque cada uma das três frutas que a compõem possuem propriedades extremamente benéficas para a saúde do organismo humano, justificando sua importância milenar.

A Triphala e a Medicina Ayurveda

Considerada um dos remédios fitoterápicos mais utilizados no mundo inteiro, a Triphala apresenta propriedades naturais capazes de prevenir situações adversas à saúde humana e proporcionar uma série de benefícios para o organismo. 

Frequentemente utilizadas pela Medicina Ayurveda, estas três frutas representam os três doshas – Vata, Pitta e Kapha -, três bioenergias que embasam os princípios fundamentais da fisiologia ayurvédica. Como o equilíbrio dos doshas é assimilado à boa saúde, a Triphala mostra-se como uma excelente escolha para a alimentação diária.

Destaca-se, ainda, que a Triphala apresenta cinco dos seis gostos reconhecidos pela filosofia Ayurveda: doce, azedo, amargo, picante e adstringente; restando apenas o sabor salgado. 

Triphala: a poderosa combinação de três frutas

Cada uma das três frutas que compõem a Triphala apresentam características distintas. Desta forma, estão destacados a seguir os detalhes que as tornam especialmente requeridas tanto pela Medicina Ayurveda quanto por quem busca uma vida que contemple equilíbrio, saúde e bem-estar.

Amla ou Amalaki

Também conhecida como groselha indiana, a Amla ou Amalaki é uma das mais antigas frutas comestíveis conhecidas na Índia. Por possuir sabor meio amargo e azedo e uma textura fibrosa, suas bagas são, muitas vezes, cozidas ou feitas em conserva para, posteriormente, agregar a palatabilidade de receitas.

A Amla possui propriedades que combatem o envelhecimento, resfriados e febre e proporcionam efeitos diurético, digestivo, laxativo e também auxiliam o fígado. Além disso, atua como um anti-inflamatório e contribui na eliminação de radicais livres. 

Sua composição apresenta compostos vegetais como fenóis, taninos, ácido filembélico, rutina, curcuminoides e embidicol também justifica seu amplo uso na medicina ayurvédica. Além de nutritiva, a Amla é riquíssima em vitamina C, aminoácidos e minerais.

Bibhitaki

A Bibhitaki é uma grande árvore de ocorrência comum na região sudeste da Ásia, de nome científico Terminalia bellirica, que tem seu fruto consumidos há milhares de anos.

Os frutos da Bibhitaki são considerados antigos rejuvenescedores em função de seus efeitos desintoxicantes. Assim, são empregados na Medicina Ayurveda para o tratamento de doenças comuns como infecções bacterianas e virais, além de serem conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias e por seu auxílio no tratamento de diabetes, regulação dos níveis de açúcar no sangue, pressão alta e reumatismo.

Sua composição complexa contém taninos, ácido elágico, ácido gálico, lignanas e flavonas que, combinados com outros compostos vegetais, fazem da Bibhitaki um potente remédio herbal com uma ampla possibilidade de utilização.

Haritaki

A Haritaki (Terminalia chebula) é uma árvore que cresce em todo o Oriente Médio, principalmente nas regiões da Índia, China e Tailândia. Seu fruto também é conhecido como o Rei da Medicina Tibetana, sendo utilizado pela Medicina Ayurvédica no tratamento de prisão de ventre, demência, diabetes, doenças estomacais, cardíacas, úlceras e asma. 

A composição do fruto da Haritaki apresenta fitoquímicos como terpenos, polifenóis, antocianinas e flavonóides, responsáveis por agregar às suas propriedades funções antioxidante e anti-inflamatória.

A composição da Triphala

As propriedades adaptógenas verificadas a partir da combinação destas três frutas oferecem múltiplos benefícios para a saúde. Com sua rica composição, a Triphala apresenta compostos como flavonóides e polifenóis, os quais possuem atuação antibacteriana e anti-inflamatória e favorecem o sistema digestivo. Ácido Gálico, Ácido Elágico e Ácido Chebulínico, três poderosos antioxidantes, também exaltam o poder desta poderosa mistura.

Benefícios

Prevenção ao câncer

Estudos realizados no ano de 2015 analisou a atuação da triphala no combate contra células cancerígenas do cólon e células-tronco humanas. Nesta ocasião, foi descoberto que o extrato de metanol da triphala contém fenólicos como naringina, quercetina, homoorientina, e isorhamnetina. A partir de então, foi constatado que o extrato de triphala é capaz de parar a disseminação de células-tronco ligadas ao câncer de cólon, bem como promover a morte celular das mesmas, colocando a triphala em um patamar elevado no quesito de tratamentos naturais anticâncer.

Pesquisas apontam que o ácido gálico presente na composição da triphala também possui propriedades benéficas na prevenção e combate ao câncer, especificamente às células cancerígenas que estejam na próstata.

Além disso, de acordo com estudos realizados em 2014, até mesmo enxagues bucais realizados com triphala podem auxiliar na reversão de lesões que induzem a câncer bucal relacionado ao uso constante de tabaco.

Outros estudos mostram que a triphala é capaz de cessar o desenvolvimento de células tumorais sem que células em condições normais presentes no organismo sejam afetadas.

Laxante natural

Com efeitos mais suaves do que laxantes vendidos a partir de receitas médicas tradicionais, a triphala é uma opção natural que trabalha nutrindo o trato digestivo e auxilia movimentos intestinais, de forma a contribuir com a eliminação de bactérias e do excesso de ácidos graxos presentes no organismo, bem como com a desintoxicação de metais pesados. Além disso, pode ajudar no processo de limpeza do cólon.

Estudos realizados sobre a triphala apresentaram resultados positivos com relação à colite devido aos compostos flavonóides presentes em sua composição e sua alta atividade antioxidante.

Auxílio no controle de peso

Devido ao auxílio que a triphala realiza com relação aos movimentos intestinais, acaba por auxiliar no controle de peso.

Estudos realizados no ano de 2012 investigaram seus efeitos com relação à obesidade, utilizando triphala como um dos elementos de dietas à base de plantas voltada para a verificação e confirmação da eficácia na redução de peso corporal e percentual de gordura corporal em animais.

Estudos realizados com foco em indivíduos humanos analisaram homens e mulheres obesos na faixa etária de 16 a 60 anos de idade por um período de 12 semanas, sendo que a metodologia empregada envolveu a ingestão regular e controlada de triphala e placebo. Neste caso, o grupo que fez uso de triphala demonstrou redução significativa de peso e na circunferência da cintura e do quadril. Enquanto isso, o grupo que ingeriu placebo não demonstrou resultados tão evidentes.

Vale destacar que a ação antioxidante da triphala realiza a eliminação de radicais livres presentes no organismo, o que, por consequência, tem efeito positivo na saúde metabólica e também auxilia na questão da obesidade.

Redução do colesterol

As propriedades da triphala também podem atuar na redução dos níveis de colesterol e na formação de placas arteriais. 

Um estudo publicado pelo Journal of the Pharmaceutical Society of Japan apresentou dados sobre o colesterol LDL ser reduzido em animais que possuíam colesterol alto após tratamentos realizados com triphala – com destaque para a ação da bibhitaki, demonstrando potencial na inibição da progressão de placa de aterosclerose.

Auxílio no combate de inflamações e artrite

A ação dos compostos antioxidantes e polifenóis presentes na triphala contribuem para que ela seja considerada uma excelente alternativa anti-inflamatória. Como todas as doenças envolvem determinado nível de inflamação, a artrite não fica fora deste quadro, já que, ao passo que ocorrem inflamações nas articulações, posteriormente são geradas dores e rigidez.

Diante disso, um tratamento natural que utilize alimentos que contenham propriedades anti-inflamatórias como a triphala se torna uma alternativa inteligente e eficaz. Estudos mostram que seu uso pode ser indicado como um remédio natural útil no combate aos sintomas da artrite e, até mesmo, na melhora da saúde óssea e das cartilagens durante a ocorrência deste problema.

Preferências para consumo da Triphala

O sabor e os benefícios que a Triphala proporciona podem ser potencializados a partir de sua combinação com outros alimentos e conforme o turno em que seu consumo será realizado.

Turno da Manhã

Quando a Triphala é consumida pela manhã, potencializa a queima de gordura indesejada e, consequentemente, auxilia na perda de peso. Recomenda-se que seu uso seja feito à parte de outras refeições.

Combinada com açafrão, a Triphala auxilia na redução dos níveis de colesterol e de açúcar no sangue, regulando também os níveis lipídicos.

Turno da Noite

Consumir a Triphala no turno da noite ajuda na eliminação de substâncias indesejadas presentes no organismo. Isso acontece porque suas propriedades laxativas e de desintoxicação ocorrerão até o turno da manhã, enquanto o corpo estiver em estado de repouso. 

A Triphala também atuará na liberação do acúmulo de muco, beneficiando a saúde pulmonar e o sistema respiratório, na estabilização da flora intestinal, ajudando na digestão e absorção adequada de nutrientes e no estímulo de movimentos intestinais favoráveis às excreções.

Comprar Triphala

Clique aqui

Referências Bibliográficas

Therapeutic Uses of Triphala in Ayurvedic Medicine:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5567597/

Chebulinic acid derived from triphala is a promising antitumour agent in human colorectal carcinoma cell lines:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6307174/

Protective Effects of Triphala on Dermal Fibroblasts and Human Keratinocytes:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4711708/

Triphala: An Ayurvedic Herbal Formulation that Fights Cancer and Constipation:

The Wonders of Triphala:

6 comentários sobre “Triphala: Os Poderes Adaptógenos da Sinergia Entre Amla, Haritaki e Bibhitaki para a Saúde

  1. Pessoas de 60 anos pode tomar Triphala?

    1. Oi, Adriana!

      Pode sim, veja os cuidados: Apenas para adultos. Consulte um médico se estiver grávida/amamentando, tomando medicamentos ou se tiver um problema de saúde.

      Um abraço!🍃❤️

  2. Estou fazendo uso há uma semana e indo muito ao banheiro.
    Seria uma limpeza” no organismo?
    Obrigada.🙏

    1. Oi, Márcia!

      Sim, essa é uma das funções da triphala, atuar como um laxante natural e melhorar a digestão.

      Esperamos ter ajudado 🍃💚
      Um abraço,

        1. Oi, Cristiane!

          Apenas para adultos. Veja os cuidados: Consulte um médico se estiver grávida / amamentando, tomando medicamentos ou se tiver um problema de saúde. Mantenha fora do alcance de crianças.

          Um abraço, 🍃💚

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *